Resenha - A guerra das sombras - I

14:58 @Tiabetok 20 Comentários


A Guerra das Sombras
O Livro de Dinaer
Jorge Tavares
editora Novo Século


Sinopse: A Guerra das Sombras é um livro de aventura, passado em um universo fantástico. Em suas páginas, estão descritos dois grandes conflitos que se desenrolam concomitantemente. O primeiro, e mais evidente deles, dá-se entre reinos de homens mortais. Paralelamente, acontece um embate oculto entre forças sobre-humanas. E é nas conseqüências de ambos os embates sobre a vida de Rairom Guenor e de seu irmão Tairom que se encontra o foco central da narrativa.

           A guerra das Sombras é uma série composta por quatro livros ( O livro de Dinaer, o Livro de Ariela, o Livro de Laios ,  e o Livro de Iazmein). Nunca devemos julgar um livro pela capa, conselho sábio que deve ser seguido na maioria das vezes, no entanto em a guerra das sombras o livro não deixa a desejar nem mesmo no projeto gráfico que compões as capas. Todas são perfeitamente lindas. São as lombadas mais lindas da minha estante, garanto (infelizmente me falta o segundo livro pois o autor não o tinha mais em estoque, mas já estou providenciando. Os livros que me foi enviado pelo autor Jorge Tavares – Obrigada.).

A guerra das Sombras
O livro de Dinaer
              Provavelmente vocês não sabem, mas eu tenho dificuldade em ler livros cujos personagens carregam nomes confusos. Os nomes são incomuns e muito parecidos, mas garanto que com um pouquinho de atenção este problema é resolvido sem muito prejuízo a leitura.
Jorge Tavares criou um mundo fantástico com direito a linguagem própria, muita magia, guerras e até a forma que o tempo é contado é diferentes. Um livro muito original que nos prende do inicio ao fim. É uma narrativa simples, sem muitos rodeios. Uma história bem contada, cenários bem descritos e personagens marcantes. Juro a vocês que estou totalmente apaixonada pelo Zairom e por sua personalidade – até desenhei-o e preguei no meu mural- mas infelizmente ele não é o centro da narrativa.
                Zairom ocupava o trono da Terra dos Filhos do Fogo e era casado com Liana – uma nobre de família falida- que lhe dera um filho Tairom. Zairom já tinha um filho antes do casamento chamado Rairom – eu disse, nomes parecidos- . Os primeiros capítulos descrevem como Zairom governa – e muito bem – a Terra dos Filhos do Fogo, mostrando seus talentos para luta e sua inteligência brilhante, apesar de parecer firo a calculista você pode notar que ele simplesmente defende o que acredita, luta pelo que é melhor para sua família e seu povo.
                 Rairom, o filho mais velho, não quer ser guerreiro como o pai, quer ser Mago e treina duro para isso. Capítulos mais tarde percebemos que ele não é um humano comum, mas um ser que guarda muito poder, algo que confundiu até mesmo o Mago Diom, o mais forte, e que era encarregado de treinar Rairom. O garoto ainda é atormentado por um estranho pesadelo, uma forma de presságio que com certeza significa alguma coisa. Mas o que poderá ser? Eu descobri, e garanto que se você ler o livro vai se encantar tanto quanto eu com a história.
Mais informações sobre a coleção


O autor
              Jorge Luiz Vieira Tavares, além de escritor, é diplomata. Nasceus na cidade do Rio de Janeiro em 1978. Com um ano de idade, mudou-se para o Paraná, onde passou a infância e adolescência. Formou-se em Direito pela Universidade Federal do Paraná em 2001. Foi aprovado no concurso de admissão à Carreira Diplomatica em 2003, razão pela qual atualmente reside em Brasília. Em 2005, terminou o curso de mestrado em diplomacia pelo instituto Rio Branco. Seu primeiro Romance “A Guerra das Sombras”, divide-se em quatro Volumes, escritos entre 1999 e 2006.


              GENTEEEEEE, ele foi um fofo ao conversar comigo, elogiando a resenha e batendo um papo sobre a obra, de inicio enviou-me apenas o primeiro livro, então começamos a discutir a obra e ele simplesmente me mandou o restante do seu próprio acervo, sem entrar em contato com a editora (sem o segundo volume pois não dispunha mais), só tenho a agradecer e indicar a obra. Vou aguardar a feira do livro para garantir o livro que falta, assim leio logo os outros do desafio que estão atrasados.
 Beijão para vocês



20 comentários:

  1. Eu AMO livros de fantasia e aventura, e fiquei tão feliz em ver um livro de autoria brasileira assim! Com certeza vou procurar nas livrarias ( e que coisa mais fofa esse autor comentando sua resenha <3 )

    www.hipermetropiafashion.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nas livrarias ele é baratinho, vi ano passado na feira do livro, em torno de 10 a 15 dilmas, só que na minha cidade não dispomos de uma boa livraria

      Excluir
  2. que legal o autor falar com vc :)

    amei a resenha e o livro me parece otimo!

    http://www.jacknuit.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia, mas já fiquei com vontade de ler.

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ele é bom mesmo Isa, dá uma procuradinha

      Excluir
  4. Resenha maravilhosa amei a dica do livro
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito da resenha, também não gosto da questão dos nomes, fica difícil de entender :) Que bom o que ele gostou da tua resenha :) Estou seguindo seu blog :)

    jamilsonoliveira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, e lá todos eles terminam com "rom" kkk confundo todos!!!

      Excluir
  6. hm que bacana! eu nao conhecia esse livro e pela sua resenha é bem do estilo que eu curto

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  7. Eu não conhecia este autor, nem o livro. é foda, porque autores brasileiros nunca são tão famosos para nós :/
    Pela resenha, lembrei-me de uma coleção que comecei a ler, ms parei (por falta de verba) chamado Rangers: a ordem dos arqueiros.

    | A Bela, não a Fera |
    | FB Page A Bela, não a Fera|

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. parei de ler Rangers pelo mesmo motivo, mas os livros desse autor são baratinho, ano passado achei eles a 10, 15 dilmas. o lance é que são quatro!

      Excluir
  8. Que livro bonito e bem feitinho! *-* Bem o tipo de história que eu gosto!
    E com nomes diferentes que eu também gosto (coitado do meu filho, quando tiver um!)! haha Tá certo que, na maioria das vezes, tenho que voltar algumas páginas pra me certificar qual personagem é qual, mas nomes "esquisitos" dão uma veracidade maior em leituras fantásticas, onde o mundo todo já é um mundo novo.
    Beijos!
    https://pseudoaleatoriedade.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também viajo nos nomes, os de elfos principalmente, minha queixa é que os da obra são muito parecidos....

      Excluir
  9. Então, mais 4 livros pra minha lista de livros para ler em 2015 ^^

    Helaine Costa - Blog NannaMais
    http://nannamais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. to agoniada que eu não tenho o segundo!!!!!

      Excluir
  10. o autor deve ser muito gnt fina
    gostei da resenha :)
    fiquei meio coisada com os nomes
    realmente deve ser confuso de ler mas se algum dia tiver a oportunidade de ler leria com certeza :)

    ResponderExcluir
  11. Muito boa sua resenha, gostei :}

    Obrigada pela visita ao meu blog, volte sempre ok?
    Estou te seguindo por aqui :}
    http://annacaarol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Esses livros de aventura não é minha praia, gosto dos romances *-*
    Que autor mais gente fina!
    Ah, te indiquei em uma TAG, espero que goste <3
    Beijos,
    http://www.vireiprincesa.com/2015/03/tag-liebster-award.html

    ResponderExcluir